O efeito Bin Laden

Osama Bin Laden está morto. Pelo menos é o que os Estados Unidos dizem. Depois de tantos anos na caça ao homem parece que finalmente o apanharam.

Tenho então de confessar que é nestas alturas que me sinto dividido. Posso descrever como uma relação causa-consequência em que detesto a causa mas até gosto da consequência. Pareço maluco! A dizer que não fiquei contente com uma noticia que os americanos festejaram fortemente. O meu problema não é esse. Eu até gostei da noticia, o problema é as sensações que ela me transmite. Digamos que me sinto um completo ignorante. Faz-me lembrar a carga de acontecimentos que me passa nas costas. A mim e a 98% da população mundial.

Voltemos ao 11 de Setembro onde tudo começou. Tantos anos depois já toda a gente conhece as duas principais teorias deste acontecimento. Uma foi a noticia da hora, os E.U.A. sofreram realmente uma ataque por parte da força terrorista Al-Qaeda e daí surgiu a guerra no Iraque. A outra é a que aparece em documentários e é explicada em sites como este que dão a entender que tudo foi forjado pelos americanos de modo a surgir a guerra que à partida seria do seu interesse por várias razões.

São acontecimentos como estes que me fazem lembrar o ignorante que eu sou, por isso é que não gosto deles. Felizmente que hoje em dia a informação também surge através de documentários e da Internet que são meios mais livres e aparecem muitas vezes factos que nos são ocultos noutros media. Se tal não existisse a esta hora era um “tapadinho” que engolia tudo o que é contado pelos poderosos deste mundo. Assim pelo menos tento abrir os olhos e perceber o que se passa à minha volta.

De volta ao presente chega então a noticia que Osama Bin Laden morreu. Depois de tudo isto só da mesmo para pensar, morreu mesmo? Senão foi então é porque já estava morto ou foi capturado pelos E.U.A. em segredo. Ninguém no seu juízo normal anuncia a falsa morte de alguém sob risco de este aparecer. Pior do que isto só mesmo a história de atirarem o corpo ao mar. Com ou sem tradição islâmica deixa as suas dúvidas.
Para completar a teoria, a cereja no topo do bolo, Bin Laden estava todo desfigurado e como tal não vai haver foto para ninguém. Não querem que tenha um efeito incendiário e que pode ferir susceptibilidades.

Percebem agora o porquê de gostar da consequência? Porque me permite discutir com outras pessoas o que realmente se terá passado. Partilhar as teorias da minha ingénua cabeça com as dos outros sejam elas estúpidas ou coerentes.
Não quero com isto duvidar das intenções da Al-Qaeda. Claro que não são anjinhos nenhuns nem se espera nada de bom da parte deles. Mas não posso deixar de me questionar sobre o que realmente se tem passado e se os Norte-Americanos são tão bons como se pintam. Sinceramente, acho que nunca vou saber preto no branco o que se passou, nem eu nem muita gente. Revoltante!

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Crónica, Notícias com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a O efeito Bin Laden

  1. Pingback: Regra 3 Simples

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s